MERCADO DE SÃO JOSÉ REVITALIZADO

by

Um dos mercados mais antigos do Brasil está pronto para receber os turistas e mostrar toda a riqueza cultural do povo recifense. Nesta quarta-feira (03), o prefeito do Recife, João Paulo, e a ministra do Turismo, Marta Suplicy, entregam, às 17h, as obras de requalificação turística do Mercado de São José. O prédio – tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – torna-se um equipamento turístico, com o fim das obras civis e adequações na infra-estrutura. Ao todo, foi investido R$ 1,63 milhão, fruto de uma parceria entre Prefeitura, Ministério do Turismo e Fundação Banco do Brasil. A obra está inserida no Complexo Turístico Cultural Recife/Olinda. Para comemorar a data, uma grande festa será realizada com shows de Woleide Dantas, Rogério Menezes, Paulinho Leite e Maciel Melo.

“Essa é a maior intervenção realizada no Mercado de São José desde o incêndio ocorrido em 1994. Mas além de devolver o prédio restaurado aos recifenses, consolidamos seu atrativo turístico”, destacou o prefeito do Recife, João Paulo. A intervenção incluiu recuperação de revestimento, esquadria, boxe e coberta, contemplando sempre a acessibilidade. Os pisos internos e externos foram reformados com correção do desnível. As entradas do mercado receberam rampas de acesso para cadeirantes e os sanitários foram reformados também com uma cabine adaptada para pessoas com deficiência.

“O Mercado de São José é uma síntese da cultura nordestina. Hoje ele está preparado para promover o encontro do turista com o nosso patrimônio e as nossas tradições”, afirmou o secretário de Serviços Públicos, Amaro João. A requalificação deu nova sinalização aos corredores do mercado, para orientar os visitantes sobre os produtos comercializados nos 545 boxes. As placas – que indicam onde são vendidos artesanato, pescado, carne, artigos religiosos, área de alimentação – trazem informações em quatro idiomas: português, inglês, espanhol e francês.

O mercado de São José é o mais antigo edifício pré-fabricado em ferro no Brasil. Todo material foi exportado da Europa para o Recife, no final do século XIX. O prédio foi projetado pelo engenheiro da Câmara Municipal do Recife, J. Louis Lieuthier, em 1871, e é inspirado no Mercado de Grenelle. Foi construído pelo engenheiro francês Louis Léger Vauthier, responsável também pela construção do Teatro de Santa Isabel, no centro do Recife.

O Mercado de São José foi inaugurado no dia 7 de setembro de 1875 e recebeu este nome por ficar no bairro de São José. Foi construído no mesmo local do antigo Largo da Ribeira do Peixe, onde eram comercializadas várias mercadorias para o consumo da cidade do Recife.

Passou desde a sua criação por algumas reformas, como a de 1906, cujas obras duraram dez meses e a de 1941, quando foram colocados os combogós de cimento, em substituição às venezianas de madeira e vidro. Ambas modificaram a sua feição original mas deixaram intacta sua estrutura de ferro.
 
 
FONTE: PREFEITURA DO RECIFE

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: